Notícias

PF prende irmão da senadora Rose de Freitas por suspeita de desvio de dinheiro

Fonte: Jornal Nacional
 
Ele é suspeito de desviar recursos em contratos da Companhia Docas do Espírito Santo, que opera o Porto de Vitória. A Polícia Federal suspeita que a senadora influenciava na nomeação de funcionários da Codesa para desviar dinheiro da estatal.
 
 
Uma operação da Polícia Federal fez buscas no apartamento funcional da senadora Rose de Freitas, do MDB, e prendeu o irmão dela, suspeito de desviar recursos em contratos da Companhia Docas do Espírito Santo, que opera o Porto de Vitória.
 
A Polícia Federal realizou buscas e apreensões em diversos endereços. Entre eles, o aparamento funcional da senadora Rose de Freitas, em Brasília, e a casa dela, em Vitória, onde os agentes apreenderam documentos e computadores.
 
A polícia prendeu ainda o irmão de Rose de Freitas, Edward Dickson de Freitas, e Ricardo Saiter.
 
Os dois já trabalharam na Companhia Docas do Espírito Santo, uma estatal que administra o Porto de Vitória, e foram exonerados em 2019. Desde então, Ricardo Saiter trabalha no gabinete da senadora.
 
Um terceiro suspeito foi preso na operação por porte ilegal de armas.
 
A Polícia Federal suspeita que a senadora Rose de Freitas influenciava na nomeação de funcionários da Codesa para desviar dinheiro da estatal.
 
Ainda de acordo com a investigação, eles lavavam dinheiro através da compra de imóveis de luxo e simulando serviços em um escritório de advocacia.
 
A atual administração da Codesa colaborou com a investigação e afirma que, entre 2015 e 2018, foram desviados mais de R$ 9 milhões em apenas dois contratos.
 
A senadora Rose de Freitas afirmou que foi surpreendida pelos mandados de buscas e apreensões e pelas prisões. Que nunca cometeu atos ilícitos em sua vida pública. E que vai tomar providências legais para que os fatos sejam apurados e esclarecidos.
 
Nós não conseguimos contato com a defesa de Edward Dickson de Freitas e Ricardo Saiter.
 



Imprimir Indicar Comentar

Comentários (0)



Compartilhe



Voltar